top of page

Rota metabólica da alopecia

A alopecia, ou queda de cabelo, é uma condição que afeta milhões de pessoas ao redor do mundo, manifestando-se de diversas formas. No exame da DNA Club de mapeamento genético, que identificamos três tipos principais de alopecia: areata, androgênica e feminina.

Alopecia Areata

A alopecia areata é uma condição autoimune em que o sistema imunológico ataca os folículos capilares, resultando em queda de cabelo em pequenas áreas circulares. Estudos sugerem que fatores genéticos e ambientais desempenham um papel crucial nesta condição.

Estratégias de Suplementação e Dieta:

  • Vitamina D: Estudos mostram que baixos níveis de vitamina D estão associados à alopecia areata. Suplementar com vitamina D pode ajudar a modular a resposta imunológica.

  • Ácidos Graxos Ômega-3: Encontrados em peixes gordurosos, como salmão e sardinha, os ômega-3 têm propriedades anti-inflamatórias que podem ajudar a reduzir a inflamação nos folículos capilares.

  • Biotina e Zinco: Essenciais para a saúde capilar, a biotina e o zinco podem ser encontrados em alimentos como nozes, ovos e sementes.

Alopecia Androgênica

A alopecia androgênica, também conhecida como calvície padrão, é influenciada por fatores genéticos e hormonais. Nos homens, está ligada à sensibilidade ao hormônio diidrotestosterona (DHT), enquanto nas mulheres, pode estar associada a desequilíbrios hormonais.

Estratégias de Suplementação e Dieta:

  • Antioxidantes: Alimentos ricos em antioxidantes, como frutas vermelhas e vegetais de folhas verdes, podem ajudar a proteger os folículos capilares do estresse oxidativo.

  • Ferro: A deficiência de ferro é comum em mulheres com alopecia androgênica. Incluir alimentos ricos em ferro, como carne vermelha magra, espinafre e leguminosas, pode ser benéfico.

Alopecia Feminina

A alopecia feminina é caracterizada pelo afinamento difuso do cabelo no topo e nas laterais do couro cabeludo. Pode ser causada por fatores hormonais, genéticos e ambientais.

Estratégias de Suplementação e Dieta:

  • Proteínas de Alta Qualidade: O cabelo é composto principalmente de queratina, uma proteína. Consumir proteínas de alta qualidade, como ovos, peixes e legumes, pode apoiar a saúde capilar.

  • Complexo B: Vitaminas do complexo B, especialmente B12 e B6, são cruciais para a saúde do cabelo. Alimentos como carne, peixe, ovos e laticínios são boas fontes.

  • Magnésio: Este mineral é importante para muitas funções corporais, incluindo o crescimento do cabelo. Alimentos como nozes, sementes e vegetais de folhas verdes são ricos em magnésio.

Compreender a rota metabólica da alopecia e as diferenças entre seus tipos pode fornecer uma base sólida para estratégias personalizadas de suplementação e dieta. No DNA Club, estamos comprometidos em fornecer informações e ferramentas para ajudar você a manejar e prevenir a queda de cabelo de forma eficaz.



2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page